Liberando a esposa

Olá, me chamo Kaio, tenho 22 anos. Estou aqui para partilhar com vocês um pouco da minha experiencia no mundo CUCKOLD. Bom, Minha namorada se chama Karla Érika (Ou somente Érika), tem 20 anos e um corpo escultural, um corpo maduro e umas curvas de enlouquecer qualquer um. Um rabo enorme que não tem como não olhar na rua e não lamber os lábios, peitos grandes e durinhos, coxas grossas ( Justamente por fazer academia).
No inicio da nossa relação há 3 anos atrás, ela já possuía um corpo de invejar qualquer menina da idade dela, e ao longo do tempo com a academia isso foi se transformando em um mulherão de matar qualquer macho só em ver.


Com o passar do tempo nossa relação foi esfriando, eu acredito que devido a ela se acostumar a ver vários caras mais fortes e bombados na academia que ela frequentava, então nossas conversas eroticas foram esfriando e nosso sexo cada vez mais rápido e raro…
Até que um dia eu vi uma notificação no celular dela do Hangnout (App do google). Quando vi era uma mensagem de um tal de Mateus (Amigo dela da faculdade e da academia) com a seguinte mensagem: “CRLH, GAROTA ! QUE FODA ONTEM..DESSA VEZ VAMOS NO MOTEL EROS, PDC?”.

Aquela mensagem me deu duas sensações: Tristeza e Conformidade, afinal…Eu sabia que eu acabaria perdendo esse mulherão pra alguém melhor que eu. Eu parei pra ver a situação, o cara era mais forte, tinha grana, tinha uma casa de praia, um carro mó daora, bom.. Eu não poderia perder ela por nada. Então decidi aceitar o fato de ser corno e mandei uma mensagem pra ele no PV no Hangnout com minha conta. Comecei a perguntar os detalhes e ele friamente me dizendo tudo, eu fui perdendo o controle do tesão e ia batendo uma enquanto lia cada linha do que ele fez com minha namorada.

Até que em um momento ele percebeu que eu estava gostando e começou a me humilhar mais ainda…O cara começou a exigir coisas absurdas e a me chantagear, dinheiro ele tinha…Mas então o que ele queria? É de imaginar, amigos… O canalha pediu que eu liberasse ela toda semana pra ele, bom…Eu já era corno e aceitei o fato, Então eu a liberei e toda semana ela vai ao encontro dele. A situação foi ficando mais séria e ele pedia que ela usasse roupas cada vez mais curtas e coladas…Eu percebi que ali ele estava transformando minha princesinha em uma super PUTA ( e de luxo). Hoje sou corno assumido, estamos juntos há muito tempo, toda semana ela dá a buceta pra ele. EU a levo e busco com todo carinho…ela vai arrumada e vem descabelada e chupada, me dá o beijo com o hálito de porra e vamos pra casa felizes para sempre… E até hoje eu não acredito que minha namorada virou a puta pessoal de uma coleguinha ( Mas cá entre nós…Que corno não sonha com isso hahaha )

4 thoughts on “Liberando a esposa

  1. Procuro mulher fogosa ou casal cujo marido tenha vontade de ver sua amada transando comigo.
    Moro no interior de sp onde tenho local discreto mas posso ir até vocês
    Não quero sexo virtual, prostituição ou drogas.
    Quero conhecer vocês para quem sabe proporcionar prazer mútuo, de forma educada, amigável e discreta, com higiene e segurança
    [email protected]
    contato inicial somente pelo e mail acima
    Aguardo resposta.
    ​​​​​​​Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *