Gosto que me enche de porra

Olá, eu sou Madalena e tenho 20 anos. Atualmente, sou garota de programa e uso a grana para pagar meus estudos. Eu sou de uma família de uma situação financeira razoável, se eu houvesse esperado mais minha mãe tinha me arranjado um emprego legal. Enfim, me joguei no mundo menor de idade e fui fazer minha vida. Eu já tinha experiência, dava pro amigo do meu pai e ele me dava presentinhos, me buscava de carrão na escola… as santinhas tudo ficavam querendo também, inclusive levei algumas que também se perderam, viraram putas incontroláveis. Eu finalmente encontrei a profissão certa, me divirto pra caramba. Mas aparece cada homem lindo, que meu Deus do céu, perco a cabeça mesmo. Eu sou loirinha de

olhos verdes, me considero bonitinha. Tenho peitos e vagina rosada, sou magrinha toda jeitosa. Eu sei que homens e mulheres ficam loucos por mim. Ainda mais os homens casados, que as mulheres já estão caídas, cheias de filhos, ficam loucos com minha buceta cheirosa, raspadinha e ainda por cima rosinha e molhada hmmm eles partem pra cima, ficam loucos para me comerem sem camisinha. Teve uma vez que conheci um garoto lindo, mas na hora vem na mente: as dsts, algumas incuráveis” eu neguei, mas ele estava tão louco, furioso de tesão que me segurou, travou minhas pernas e meteu a pica dura e veiuda sem camisinha, nossa só de pensar eu fico molhada. Senti que estava sendo abusada, mas ao mesmo tempo eu queria. Pedi pra ele não gozar dentro, mas não adiantou nada… ele leitou toda minha buceta, até

respingou no chão, mas antes ele ficou admirando a porra escorrendo. Um dia, um outro cliente me chamou para ir na casa dele e eu fui. Ele mora com a mulher e ela estava trabalhando. Eu deitei na cama deles, ele era muito lindo: corpo tipo lutador de mma peso pesado, cheiroso, barba, piroca grossa e grande. Primeiro ele me chupou e deixou bem molhada, depois pediu pra eu tirar a roupa e tirou a cueca… quando eu tiro a calcinha e o cara tira a cueca e vem pra cima, já sei que quer foder sem camisinha. Ele sarrou no molhadinho da buceta, ficou pincelando e eu me entreguei totalmente… ele encostou no meu útero e lá ficou empurrando bem gostoso, beijando minha boca. Falei que não, mas ele esporrou minha xana em cima da cama da esposa. E toda vez que vou gozar eu lembro que eu fiz questão de expulsar a gala do marido dela bem na cama dela, nosso gozinho onde ela vai dormir hahaha a maioria não ama a esposa e basta eu tirar a calcinha e abrir minha perna que eles querem enfiar em mim, sentir minha pele quente. E pra terminar, tenho os amigos que me

chamam pro motelzinho, hmmm. Um me pega, goza horrores na minha vagina, depois o outro vem e come em cima da onde o outro gozou, me sinto uma cachorra sendo comida na rua. Eles me tratam como uma rainha, manda a cozinha do hotel trazer um monte de comes e bebes. Eu adoro ficar bem cheia de porra e depois sentir as duas porras misturadas escorrendo na minha calcinha, eu cheiro e lembro dos meus machos. Eu tenho alguns casadinhos que me comem na pele, já fizemos exames e estamos limpinhos. Esta é a minha fantasia: sentir desejada, ver os maridinhos traindo sem restrições, ver os maridinhos implorando pra gozar na minha buceta sem se importar se vai me engravidar. Uns passam a mão na barriguinha, vem com mil e uma promessas, que vai mudar minha vida, que me ama, que vamos ser uma família. Eu não acredito, só acredito que é uma fantasia. Eu gosto de ser a amante, não quero lavar cueca

2 thoughts on “Gosto que me enche de porra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *