Estourou Meu Cabacinho A Força

Eu estava com 18 aninhos, loirinha, seios pequenos em formação bundinha grande para minha estatura, bem gostosinha, um dia o novo zelador do prédio um negão de 25 anos, foi ao meu apartamento mexer no chuveiro a pedido de minha mãe, quando chegou ele me tarou de cima até em baixo e perguntou se eu estava sozinha, disse que sim e deixei ele trabalhando, passando um tempinho fui no banheiro ver se ele precisava de alguma coisa, quando abri a porta, ele estava la pelado, fiquei olhando pro negão que tinha um pinto que eu sabia mesmo sendo inexperiente que mesmo mole era imenso, ele nao se assustou e disse que eu nao deveria entrar sem bater e que ficou assim para nao molhar as roupas, eu continuei olhando para sua vara enorme e preta, ele disse que era pra mim nao me assustar com o tamanho do seu trabuco pois a naturezae foi generosa com ele, eu ipinotisada pelo tamanho da lança dele fiquei paralizada, ele perguntou se eu ja tinha visto um cacete, fiquei quieta, ele perguntou se eu queria pegar no dele sentir o tamanho, respondi que nao, ele mexeu na sua tora que ficou grande, grossa e dura aproximou-se e disse que sua vara tinha 23 x 6 pra mim naquela hora nada significava somente mais tarde eu iria entender, tentei sair ele me segurou pela mão e me fez

segurar seu caralho a força, ficou nervoso e queria que eu chupase me neguei, ele ficou violento, mandou eu tirar a roupa e me deitar no chão, eu disse que era virgem, que era nova, ele respondeu que eu ia sentir o que era um homem e que ia me comer gostoso, achei melhor ceder pois ele estava ficando violento, ja peladinha e deitada no chao do banheiro mesmo ele posicionou sua mangueira na entrada da minha vargininha, ele estava com pressa, ajeitou bem a cabeçona do pau na entrada da minha rachinha e enfiou, meu himem demorou a ceder mas logo se foi meu cabacinho, minha bucetinha apertadissima dilatada pela presença do invasor ardia muito pois a penetração era dura e profunda, a buchetinha branquinha e com poucos fios loiros via a rola negra entrando e se instalando, minha carne se rasgava toda para acomodar aquela ferramenta de tamanho descomunal, eu chorava na rola do negão, reclamava que seu nervo era muito grande, era tao grande que minha xota nao agasalhou toda sua arma ficou um pedaço de fora, ate que ele começou a bombar bem rápido dizendo que era pra amaciar a minha xana pois era muito estreita e ia ficar bem larguinha depois que ele terminar de meter. Demorou mas gozou que nem um cavalo, apos lascar lenha na minha xota por uns inteminaveis 10 minutos, se levantou me ameassou de morte se eu conta-se o que aconteceu ali e saiu, me levantei toda ardida e saia porra misturada com sangue que aquele ferro preto tirou da minha rachinha que agora estava bem escancarada, demorei uma semana para melhorar minha xolinha ficou toda inchada, e so agora tive coragem de contar.

One thought on “Estourou Meu Cabacinho A Força

  1. Procuro mulher fogosa ou casal em que o marido queira ver sua esposa transando comigo.Não quero baixaria, prostituição e falta de higiene.Tenho excelente nível, cheiroso, saudável, com local discreto para encontros mas posso ir até vc
    [email protected]
    Contato inicial por e mail para vc gozar gostoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *