Encoxando a novinha

Olá, me chamo Alex, tenho 1,90 de alt, peso 102kg, corpo atlético, sou personal nas minhas folgas durante o dia e trabalho de vigilante a noite. Moro em Aracaju-se. O que vou relatar aconteceu nesta segunda feira dia 23 de abril de 2018. Eu quando estou no trabalho de vigilante, saiu as 05h da manha, que é a primeira linha, depois desse ainda pego mais dois ônibus, um do terminal do centro para o terminal da rodoviária e o da rodoviária ate a minha casa. Quando chego no terminal da rodoviária é que o bicho pega, porque quando o ônibus chega, todos se aglutinam para subir no ônibus, e nesse dia, eu estava já na frente da porta do ônibus e vi q do meu lado tinha uma mãe e uma filha aparentando ter uns 16 anos, uma branquinha, alta, e eu acabei deixando elas passarem na minha frente pois o

ônibus já estava ficando lotado e elas não entrariam. Depois que entramos, a menina ficou agarrada no ferro do banco, a mãe a traz dela, “protegendo sua cria” e eu atraz da mãe. Logo na primeira parada, desceu uma mulher que estava do meu lado, nisso surgiu uma vaga entre a gente e a mãe da menina tomou essa vaga e a filha dela acabou ficando na minha frente, a filha dela estava usando um vestido curto, coisa de 2 ou 3 dedos passando do bumbum, e por acaso o ônibus passou em cima de um buraco o que acabou sacudindo o ônibus, e essa menina acabou encostando o bumbum dela em mim, e eu modéstia a parte encostou subiu, meu pau mede 21cm por 10 de diâmetro, eu acho um tamanho normal. E assim que meu pau ficou duro, o ônibus deu outra sacudida e ela acabou sentindo o volume e na mesma hora ela olhou pra traz mirando meu pau e em seguida olhou nos meus olhos e rapidamente olhou para a mãe que estava do lado, mas a mãe estava distraída olhando fora do ônibus, e a menina voltou a olhar para frente. Assim que ela olhou para frente eu me aproximei mais dela até encaixar no meio da bundinha dela, uma menina que mais ou menos 16 anos com uma bundinha grandinha daquela, deu foi um tesão enorme em mim que eu não percebi que quando me aproximei mais dela, acabei esbarrando na mãe, que automaticamente olhou para mim e baixou as vista para meu pau, que estava visivelmente volumoso na causa, mas pra minha surpresa, pareceu que ela não se incomodou, e voltou a olhar pra frente. Nisso, o chamego do ônibus no vai e vem, meu pau encaixado bem no meio da bundinha dela, so aumentava o volume e ela notavelmente safadinha que era, acabava empinando mais o bumbum pra mim, e meu pau latejando, eu dei uma olhadinha pra baixo e meu pau já estava com o vestido da menina suspenso, e as vezes ela olhava para a mãe, acho que com medo que ela percebesse, ou querendo chamar a atenção dela, para compartilhar aquilo, pois quando eu olhei para a mãe dela, também estava sendo encoxada por um outro cara baixinho, então pensei, se a mãe ta aproveitando, eu vou aproveitar mais ainda, então baixei minha mão e passei pela bundinha da filha, que acabou se retorcendo e empinando mais ainda, e por sorte minha as paradas chegavam, e ninguém da porta onde a gente estava descia, então deu pra aproveitar o caminho todo. Quando desci a minha mão na bundinha dela, percebi que ela estava com uma calcinha fio dental, e passei meu dedo no reguinho dela descendo até a portinha da bucetinha dela, nesse momento o ônibus parou e acabou descendo uma pessoa, mas nada que acabasse atrapalhando o que acontecia ali. Quando o ônibus voltou a andar, eu passei a minha mão bem de leve pela cintura dela, indo em direção a bucetinha dela, nesse momento a mãe dela acabou esbarrando nela, não entendi porque, podia ser que o baixinho fez algo q ela não gostou, ou alguém que acabou esbarrando nela fazendo um efeito domino, mas o importante é que não atrapalho em nada também. Quando estava com a bucetinha dela na minha mão, senti que apesar dela ser magrinha, tinha uma bucetinha bem recheada, coisa que me agradou muito em fazer meus dedos se perderem acariciando a buceta dela, não vou mentir, eu acabei tirando a mão da buceta dela por um instante e ela olhou pra mim como se quisesse perguntar por que parou, e se ela tivesse perguntado eu responderia que tinha tirado a mão pra colocar meu pau pra fora, mas como estava cheio de gente mas com algumas brechas para curiosos olharem, preferi não fazer aquilo, e meu pau tava tão duro que por causa de não colocar meu pau pra fora, eu fiz uma pressão nela que ela acabou meio que ficando apoiada no meu pau, e aquilo foi maravilhoso, nessa pressão q eu fiz ela percebeu q eu queria gozar, pois meu pau estava latejando muito, e ela percebendo isso, ela fazia pequenas pressões com a bundinha gostosa no meu pau. Estava louco pra gozar e pensei, que se dane, estou indo pra casa, minha casa é perto da parada e não tem movimento na rua, vou gozar e ninguém vai perceber, e gozei, e cada gozada era um impulso que dava nela. Parece até que foi o destino que quando eu acabei de gozar, umas 3 paradas antes da minha, uma mulher que estava sentada na frente da mãe da menina, se levantou pra descer, e a mãe acabou se sentando, eu fiquei olhando que quando a mãe se sentou ela olhou diretamente para meu pau, que ainda estava duro fazendo volume e com a mancha na calça, que a filha também olhou para a mãe e viu ela olhando, e a menina saiu da minha frente e ficou em uma posição que a mãe não conseguia olhar pra mim, eu imaginei, a menina está me dando cobertura, adorei aquilo. Quando estava perto da minha parada, eu dei o sinal, e fiquei de frente pra menina e ela de lado pra mim, a menina conseguiu ficar em uma posição que deu pra ela passar a mão no meu pau por cima da calça melada de porra, que eu senti ela melando a mão dela toda, e depois fez de conta que foi coçar o nariz ou a boca, e acabou passando a mão melada de leve na boca. Ai minha parada chegou, e antes de descer, me posicionei atrás dela e passei a mão na bunda dela, como que dando uma até logo, sim um até logo porque essa foi a primeira vez que aconteceu isso com ela, mas eu já a vi varias vezes no terminal esperando o ônibus com a mãe, então sabia que iria encontrar ela em breve novamente. Assim que desci do ônibus, olhei para minha calça e estava toda melada, que era notavelmente visível, e assim que entrei na minha rua, vinha uma menina indo pra escola um pouco mais velha pois estava escrito na camisa do colégio terceirão, era mais baixinha, mais gostosinha, e quando vi que não tinha mais ninguém na rua e ela não era la da rua, eu abri o zíper e coloque o pau pra fora, pra deixar escorrer o resto da porra, ela passou por mim e eu fiz de conta que não tinha visto ela vindo, e eu de óculos escuro percebi que ela vinha o caminho olhando para mim de cabeça baixa como se não tivesse olhando, até passar por mim e meio que me acompanhando virando o rosto olhando para meu pau pendurado, quando ela estava do meu lado eu até perguntei a ela se ela queria faltar aula, mas ela no mesmo instante baixou mais a cabeça e não me respondeu.
Nesse dia assim que cheguei em casa, liguei para uma ficante minha la da rua, e chamei ela pra me saciar, e ela prontamente atendeu meu pedido, mas isso será uma historia para a próxima. Obrigado pela atenção

One thought on “Encoxando a novinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *