Comi a Evangélica que conheci no metro

Como alguns já sabem meu nome e Wilian, Tenho 25 anos, moreno não muito alto tenho 1,69, vou contar um pouquinho do que aconteceu comigo a umas três semanas atrás, minha rotina normal, era acordar as quatro da manha pra conseguir pegar o o primeiro metrô do dia, mas nesse dia, algo deu errado demais ou certo demais, como tinha dormido tarde no dia anterior, não consegui acordar no horário previsto pra pegar o primeiro metrô, mas tudo bem, fui um pouquinho mais tarde, quando cheguei na estação do metrô da Pavuna, me deparo um uma coroa que me chamou muito atenção, morena magrinha, cabelo ruivo, peito grande, bunda empinadinha, ate ai tudo bem, fiz questão de parar ao lado dela ne, na hora que abriu as portas pro pessoal entrar, aproveitei aquele empurra, empurra, pra encostar nela, mas não falei

nada, continuamos a viagem e eu so olhava de relance para não deixa-la constrangida, mas não pode deixar de notar o decote maravilhoso que ela estava, me apaixonei pelos seus seios, mas continuei de cabeça baixa mexendo no telefone, e quando o balançar do vagão ela se desequilibrou e pisou no meu pé, mas só olhou pra minha cara e eu tratei de puxar assunto pedindo desculpas, mas ela logo se retratou alegando que foi ela que tinha pisado no meu pé, mas não dei assunto, continuei a mexer no celular, ela acabou pisando novamente no meu pé, mas eu só olhei pra cara dela e deu aquele sorriso de safado que só um bom carioca sabe fazer, ela ficou toda vermelha de vergonha, ela ficou tão sem graça que pra disfarçar, ela abriu a bolsa pra pesar o celular, mas no momento que ela soltou a mão pra abrir a bolsa, o vagão deu uma balançada e ela foi arremessada pra traz, eu como bobo nem nada, agarrei na cintura dela, e ela me agradeceu, mas isso aconteceu umas duas vezes, ai ela começou a mexer no celular dela também, e acabou acessando o facebook dela, aproveitei pra ver o nome dela e gravei no meu celular,
No mesmo dia eu adicionei e ela me aceitou, conversamos bastante, ela disse que era evangélica e casada, mas estava muito triste, pois começou a malhar e o marido dela começou a querer humilha-la, comecei a elogia-la, ai conversa vai conversa vem, a chamei pra tomar um suco, ela sem pestanejar aceitou, nos encontramos dois dias na central pra tomar esse suco, já que nem eu e nem ela tomamos bebidas alcoólicas, então ficou nisso, acabou o suco deu a hora dela ir pra academia, quando fui me despedir, eu sem querer querendo deu um beijo no cantinho da boca dela, e ela se arrepiou toda, eu pedi desculpas ela sorriu, quando ela sorriu já puxei eu tasquei um beijão bem ardente nela, e ela retribuiu…
Mas como ela e comprometida, não poderíamos ficar ali, chamei ela pra um lugar mais reservado, ela acabou me confessando que já tinha um tempo que não fazia sexo com o marido.
Já entrei no quarto jogando ela na cama, e beijando muito ela, beijando a boca e agarrado com a mão no cabelo dela, dando aqueles puxõezinhos, ela já estava gemendo de tesão, comecei a passar a mão no corpo dela, e ela pedindo pra eu parar, foi quando eu fui descendo pelo pescoço, passando a língua bem devagarinho e deu uma mordida no peito dela por cima da blusa mesmo, quando ela fechou o olho de tesao, tratei de colocar a mão dentro da calça dela que ela de academia então ficou fácil, a buceta dela estava toda encharcada, coloquei meu pau pra fora, ela fechou o olho de vergonha, mas eu acabei com a vergonha dela, tirei a roupa dela todinha e chupei ela toda,enquanto eu chupava a chana dela, eu metia o dedo bem devagar no cuzinho dela, ate que ela gozou na minha boca, e alegou que nunca tinha gozado daquele jeito, depois disso terminei de tirar minha roupa ela ela so olhando, assim que acabei ela me jogou na cama novamente, e caiu de boca na minha pica invernizada, ficou mamando e pedindo pra eu dar leite pra ela,
Comi ela de todas as posições, namoramos durantes quatro horas, quando deu quase a hora certa que ela teria que sair da academia ela disse que teria que ir embora, porque o marido dela sabia a hora que ela chegava, colocamos a roupa pra ir embora, mas antes de sair, ela se ajoelhou e deu mais uma mamada daquelas maravilhosas, gozei mais uma vez na boca dela, e ela disse que nem iria lavar a boca, pra ir pra casa com meu gosto, com o gosto da minha goza na boca.
Ela disse que so vai me dar o cu na próxima vez que eu marcar…

One thought on “Comi a Evangélica que conheci no metro

  1. As evangelicas sao as mais safadas e que dao o cu e a buceta mais gostoso. Tenho a rola grossa e cabeçuda pra fuder novinhas evangélicas. Meu zap 11954648431

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *